quarta-feira, 28 de junho de 2017

DIRETORIA DO SINDASP-PE VISITANDO O CENTRO DE RESSOCIALIZAÇÃO DO AGRESTE NO MUNICÍPIO DE CANHOTINHO PARA ESCLARECIMENTOS


Presidente João Carvalho, Diretores Vivaldo,  Marcus

 no Centro de Ressocialização do Agreste -CRA - Canhotinho



A Diretoria do SINDASP-PE, através do Presidente João Carvalho, os Diretores Vivaldo e Marcus estiveram nessa terça-feira (27.06.2017), no período da Tarde, no Centro de Ressocialização do Agreste -CRA, no município de Canhotinho-PE.


Estivemos tirando dúvidas dos Agentes Penitenciários, esclarecendo sobre o Projeto do PCCV,e também sobre a PEC 14 e 308. Estão sendo mostrados o planejamento que está sendo realizada pela atual gestão.


Estaremos visitando outra unidades.



Sindasp-PE trabalhando cada vez mais por você.

DIRETORIA DO SINDASP-PE VISITANDO O PRESÍDIO DE PALMARES PARA ESCLARECIMENTOS


Presidente João Carvalho, Diretores Vivaldo,  Marcus e Osvaldo

 no Presídio Rorinildo da Rocha Leão - PRRL -Palmares



A Diretoria do SINDASP-PE, através do Presidente João Carvalho, os Diretores Vivaldo,Osvaldo e Marcus estiveram nessa terça-feira (27.06.2017), no Presídio Rorinildo da Rocha Leão - PRRL, no município de Palmares-PE.




Estivemos tirando dúvidas dos Agentes Penitenciários, esclarecendo sobre o Projeto do PCCV,e também sobre a PEC 14 e 308. Estão sendo mostrados o planejamento que está sendo realizada pela atual gestão.


Estaremos visitando outra unidades.

Sindasp-PE trabalhando cada vez mais por você.


terça-feira, 27 de junho de 2017

PRESIDENTE DO SINDASP-PE ESTEVE DANDO APOIO NA UNIDADE DO PRESÍDIO FREI DAMIÃO DE BOZANNO DURANTE A TENTATIVA DE FUGA EM MASSA E TAMBÉM NO HOSPITAL OTÁVIO DE FREITAS AOS AGENTES MARCOS TODO DURO E MÁXIMO

Apoio ao Agente Penitenciário Máximo

O Presidente do SINDASP-PE, João Carvalho, agilizou junto a Direção do Hospital Otávio de Freitas que o Agente Penitenciário Máximo fosse encaminhado rapidamente após saída do Bloco Cirúrgico, pois existia um lista espera grande para conseguir a enfermaria.

O Presidente do SINDASP-PE também visitou o Agente Marcos Todo Duro, porém este estava na UTI até o período da tarde desta terça-feira (27.06.2017). Estaremos apoiando aos companheiros e vistaremos muito mais.

O Presidente do SINDASP-PE, na segunda-feira (26.06.2017) esteve apoiando aos agentes penitenciários do Presídio Frei Damião de Bozzano, no período revistas e controle de motim e rebelião.  Neste segunda-feira, ocorreram tentativa de fuga em massa, rebelião, dois agentes penitenciários feridos, servidores reféns e um preso morto e alguns presos feridos 

O momento foi de muita crise, porém devido aos atos heróicos dos agentes penitenciários do Presídio Frei Damião de Bozzano podia ocorrer algo muito pior.



Apoio na Unidade


SINDASP -PE Trabalhando cada vez mais por você.

segunda-feira, 26 de junho de 2017

NOTÍCIA NA FOLHA DE PERNAMBUCO



Complexo do Curado
Complexo do CuradoFoto: Alfeu Tavares/Folha de Pernambuco
Um preso morreu, quatro outros ficaram feridos e dois agentes penitenciários foram baleados, nesta segunda-feira (26), durante uma tentativa de fuga no Complexo Prisional do Curado, no bairro do Sancho, na Zona Oeste do Recife. O fato aconteceu no Presídio Frei Damião de Bozzano, um dos que integra o Complexo.

O Sindicato dos Agentes Penitenciários diz que foi uma rebelião e pede que o Ministério Público suspenda visitas no Complexo. Já a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) confirmou que houve um tumulto na unidade prisional e disse que ainda está sendo feito o levantamento da ocorrência.

Peritos criminais foram encaminhados ao local. Também foram enviadas as forças policiais da Tropa de Choque, K9 (cães), Companhia Independente de Operações Especiais (Cioe) e Grupamento de Apoio Tático Itinerante (Gati). Uma vistoria foi feita nos presos.

Um morto e seis feridos 

Os dois agentes penitenciários foram atingidos na perna e no peito e levados para o Hospital Otávio de Freitas, no bairro de Tejipió, também na Zona Oeste. O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, informou que nenhum detento fugiu e informou que os agentes penitenciários passam bem e não correm risco de morrer.

O detento que morreu foi identificado como Anderson Luiz de Souza, de 19 anos. Ele estava preso por assalto a banco. O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado. Já os detentos feridos foram identificados como Emerson Tertulino Gomes de Cabral, 26 anos; Alexandre Felipe da Silva, 36 anos; José Robson Moura da Paz, 26 anos; e Alexsandro Pereira de Souza, 24 anos. Por volta do meio-dia, os feridos começaram a sair da unidade para receber atendimento médico.

Os cinco presos teriam tentado fugir do presídio. Eles teriam rendido funcionários da enfermaria e os agentes penitenciários e feito um escudo humano para tentar sair da unidade prisional (Veja vídeo abaixo). No início da tarde desta segunda (26), familiares protestaram na porta do presídio, reclamando da falta de informações sobre o estado dos presos.

Os detentos, inclusive, chegaram a pegar as chaves dos veículos dos servidores para fugir. No momento em que os detentos faziam o escudo humano, houve troca de tiros. Os presos, no entanto, estavam com coletes e armas, que foram pegos dos agentes de segurança do local.

FONTE:
http://folhape.com.br/noticias/noticias/cotidiano/2017/06/26/NWS,32349,70,449,NOTICIAS,2190-DOIS-AGENTES-FICAM-FERIDOS-REBELIAO-COMPLEXO-CURADO.aspx

NOTÍCIA NO NET TV 1 ª EDIÇÃO NA REDE GLOBO: PRESIDENTE DO SINDASP-PE FALA SOBRE A TENTATIVA DE FUGA EM MASSA, REBELIÃO, AGENTES FERIDOS FERIDOS

O Presidente do SINDASP-PE fala sobre a falta de efetivo, a necessidade de chamar concursados, de aumentar vagas do concurso. O SINDASP-PE solicitou a suspensão de visitas ao Ministério Público e ao Secretário. Esta ação cabe uma medida do MP junto ao Governo do Estado.



FONTE:

https://www.youtube.com/watch?v=h-q3CZLdXpI&feature=youtu.be






NOTÍCIAS DA FOLHA DE PERNAMBUCO

João Carvalho
João CarvalhoFoto: Alfeu Tavares/Folha de Pernambuco
O Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária de Pernambuco (Sindasp-PE) vai pedir ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) que as visitas no Complexo Prisional do Curado sejam suspensas por 30 dias. O pedido ocorreu depois do tumulto, na manhã desta segunda-feira (26), que matou um detento, feriu outros quatro e teve dois agentes baleados. De acordo com o Sindasp-PE, também será solicitada a convocação de 79 agentes penitenciários aprovados no último concurso e abertura de novas vagas.

O motim aconteceu nos pavilhões E e F. "A gente viu quatro presos feridos e um morto no setor de permanência. Isso mostra claramente que há presos armados e pouco efetivo policial dentro das unidades prisionais. Os agentes penitenciários evitaram uma fuga em massa hoje", disse o presidente do Sindasp-PE, João Carvalho. 

"O estudo balístico mostra tiro de arma de fogo. Aí dentro tem presos com mais de cinco processos, superpopulação carcerária. Foram encontrados uma pistola .40 com dois carregadores e um revólver .38 com munições. Presos atiraram quando os agentes tentaram conter a rebelião. Isso mostra o grau de periculosidade que está o Complexo do Curado", argumenta. Segundo ele, as armas apreendidas com os detentos haviam sido jogadas por cima do muro do Presídio Frei Damião de Bozzano. O presídio tem 494 vagas, mas é ocupado por 1.672 detentos. 

Também no local, Marcellus Ugiette, titular da 19ª Promotoria de Execuções Penais, critica o Estado por aumentar o combate ao crime sem estruturar os presídios. "O resultado desse trabalho policial que o Estado vislumbra como solução para a criminalidade, o Pacto Pela Vida, mais polícia, mais carro, mais investigação... Vem pra dentro da unidade prisional", analisa. 

"Sou contrário a essa política de dar dinheiro aos estados para fazer os presídios como se isso fosse a solução. Só deveriam liberar esse dinheiro - que é público, requer acompanhamento - quando o estado apresentar um projeto de pessoal", detalha. Ele aponta que o Governo fala em inaugurar pavilhões em Itaquitinga e Araçoiaba, mas não fala em planejamento de pessoal. "Se não frizarmos o viés de ter pessoal de apoio, os agentes especialmente, o pessoal técnico... Teremos a mesma coisa que temos no Complexo do Curado, ou seja: o mal mandando, muitas armas, o Estado sem nenhum controle efetivo dentro da unidade, exposição dos agentes penitenciário, da comunidade e dos próprios presos a um perigo total", critica.

Ele também aponta que a altura dos muros já se provou ineficiente. "Precisamos é de inteligência para descobrir como essas armas entram. É preciso uma investigação mais efetiva", aponta Ugiette. 
fonte:















PRESIDENTE DO SINDASP-PE JOÃO CARVALHO DENUNCIA FALTA DE EFETIVO E DEFENDE OS AGENTES PENITENCIÁRIOS NO CASO DA REBELIÃO DO PRESÍDIO FREI DAMIÃO DE BOZANNO




Fonte:

https://www.youtube.com/watch?v=fHAPn3EuGZo&feature=youtu.be




Fonte:

https://www.youtube.com/watch?v=566B55INCmc&feature=youtu.be

NOTÍCIA DO JORNAL DO COMÉRCIO DE SEGUNDA

Mulheres são presas tentando entrar em presídios com droga e celulares

Elas foram detidas durante a revista de agentes penitenciários tentando entrar nas unidades

Duas mulheres portavam maconha e uma terceira, celulares e carregadores / Foto: Cortesia
Duas mulheres portavam maconha e uma terceira, celulares e carregadores
Foto: Cortesia
JC Online

Três mulheres foram presas neste domingo (25) tentando entrar em presídios com droga e aparelhos celulares. Eliane Barbosa da Silva tentou entrar com maconha no Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), Niedja Diogo Cosme e Silva, no Presídio Frei Damiao de Bozzano, no Complexo do Curado, também com maconha e Adriana Gomes tentou entrar com celulares e carregadores na Colônia Penal Feminina do Recife.

Eliane Barbosa da Silva, que é irmã do detento Jose Barbosa da Silva, foi flagrada com 1,858 kg de maconha pelos agentes penitenciários durante a revista.

Niedja Diogo Cosme e Silva também foi surpreendida durante a revista; ela portava 1,760 kg de maconha escondida embaixo de uma espécie de cinta junto ao corpo

Já  Adriana Gomes foi detida com dois aparelhos celulares e carregadores que levava para a filha que é detenta da Colônia Penal Feminina.

As três mulheres foram encaminhadas para a Central de Flagrantes da Capital, na Zona Norte do Recife, onde foram autuadas.

A reportagem tentou contato com a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres), mas o órgão não atendeu aos chamados.

Fonte:

NOTÍCIA DO JC

Tumulto é registrado no Complexo do Curado

Policiais do 12° Batalhão de Polícia Militar e do Batalhão de Choque foram enviados para o Presídio Frei Damião de Bozzano
Publicado em 26/06/2017, às 09h54
A Secretaria Executiva de Ressocialização ainda não se posicionou sobre o tumulto / Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
A Secretaria Executiva de Ressocialização ainda não se posicionou sobre o tumulto
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
JC Online

A Polícia Militar confirmou na manhã desta segunda-feira (26) um princípio de tumulto no Presídio Frei Damião de Bozzano, localizado no Complexo do Curado, Zona Oeste do Recife. De acordo com as primeiras informações, vários tiros foram ouvidos de dentro da unidade. Uma equipe do 12° Batalhão de Polícia Militar e do Batalhão de Choque foram enviados para o local. 


Segundo o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários, João Carvalho, houve uma tentativa de fuga no presídio. Um reeducando, de identidade ainda não divulgada, morreu. Dois agentes penitenciários ficaram feridos durante a troca de tiros e foram encaminhados para o Hospital Otávio de Freitas, em Tejipió. Ainda não há detalhes sobre o estado de saúde deles.


A Secretaria Executiva de Ressocialização ainda não se posicionou sobre o tumulto.

Escavação de túnel


No dia 24 de abril, agentes penitenciários encontraram um túnel que estava sendo escavado para uma possível fuga de detentos do Frei Damião de Bozzano.
Foram apreendidos três barrotes de madeira, dois facões artesanais, uma faca artesanal, duas facas industriais, nove carregadores de celular, três celulares, quatro fones de ouvido, duas usinas de cachaça artesanal e 6,5 litros de cola de madeira que estavam sob posse dos detentos foram recolhidos.

NOTÍCIA DO DIÁRIO DE PERNAMBUCO DESTA SEGUNDA-FEIRA

 Mulheres são presas ao tentar entrar com maconha e celulares em presídios

Mulher é presa ao tentar entrar no Complexo do Curado com 1,7 kg de maconha. Foto: Sindaspe/ Divulgação


Uma mulher foi presa em flagrante na manhã deste domingo, tentando entrar no Presídio Frei Damiao de Bozzano, no Complexo do Curado, com 1,760 kg de maconha. Niedja Diogo Cosme e Silva escondeu a droga embaixo da roupa dentro de uma espécie de cinta. A tentativa de tráfico foi percebida pelos agentes penitenciários de plantão durante as revistas aos visitantes. Niedja foi  encaminhada para a Central de Flagrantes, onde foi autuada.



Outro caso - Também neste domingo, na Colônia Penal Feminina do Recife, Adriana Gomes foi presa em flagrante tentando entrar na unidade com dois telefones celulares e dois carregadores para a filha, a detenta Maria Amanda Gomes.  Ela também foi encaminhada à central de Flagrantes. 

As informações foram repassadas pelo Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco (Sindaspe).



Fonte:

http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/vida-urbana/2017/06/25/interna_vidaurbana,710108/mulher-e-presa-ao-tentar-entrar-no-complexo-do-curado-com-1-7-kg-de-ma.shtml

domingo, 25 de junho de 2017

NOTÍCIA DO JORNAL DO COMÉRCIO DE DOMINGO

Superlotação é marca nas unidades prisionais de Pernambuco


O presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco, João Carvalho, denuncia também o déficit no número de agentes penitenciários no Cotel, em Abreu e Lima

No Cotel, foi apreendido um revólver calibre 38 estava, carregado com cinco munições / Foto: Divulgação/Sindicato dos Agentes Penitenciários
No Cotel, foi apreendido um revólver calibre 38 estava, carregado com cinco munições
Foto: Divulgação/Sindicato dos Agentes Penitenciários
JC Online

O presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco, João Carvalho, divulgou uma tabela os números de vagas existentes nos presídios do Estado e quantos detentos há, atualmente, em cada uma. Os dados revelam que em todas as vinte e duas unidades da Região Metropolitana e do Interior há superlotação.



No Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), no município de Abreu e Lima, Região Metropolitana do Recife, nessa sexta (23), possui 940 vagas, mas abriga 3191 reeducandos. Um déficit de 2251 homens. No Grande Recife, o cenário mais dramático está no Presídio de Igarassu. São 3.290 presos para 426 vagas. 

O presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco, João Carvalho, denuncia também o déficit no número de agentes penitenciários no Cotel, em Abreu e Lima. De acordo com ele, atualmente existe um efetivo de 8 agentes, em média, no plantão, quando seriam necessários 80. "A unidade precisa de reforço de agentes pois é portão de entrada dos sistema penitenciário para outras unidades", pontua Carvalho. 

No interior, a Penitenciária Doutor Ênio Pessoa Guerra, no município de Limoeiro, Agreste Pernambucano, apresenta um déficit de 1224 presos: 426 vagas para 1650 detentos.

Arma encontrada no Cotel


Um revólver calibre 38, carregado com cinco munições, foi encontrado nessa sexta-feira (23), com um detento do Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), localizado no município de Abreu e Lima, Região Metropolitana do Recife. Adriano Ferreira da Silva foi encontrado com a arma às 10h30. 

A apreensão foi realizada por agentes penitenciários do pavilhão, que encontraram a arma. Após a apreensão, o detento foi encaminhado à Delegacia de Paulista e, posteriormente, seguiu para a audiência de custódia, em Olinda.

FONTE:

sábado, 24 de junho de 2017

NOTÍCIA DO JORNAL DO COMÉRCIO

Dezessete detentos fogem do Presídio de Agrestina

Durante a fuga, um policial ficou ferido. Segundo informações, o estado de saúde dele é estável
Publicado em 24/06/2017, às 11h35
JC Online

Foi registrada na manhã deste sábado (24) a fuga de, pelo menos, 17 detentos, da Cadeia Pública de Agrestina, de acordo com informações repassadas pelo Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco. Durante a dispersão dos presos, que levaram armas da cadeia, um policial ficou ferido e foi socorrido para o Hospital Regional do Agreste. Segundo informações do Sindicato, o estado de saúde dele é estável. 


O policial, identificado como cabo Medeiros, foi agredido por alguns presos, levando muitas pancadas na cabeça. No entanto, foi protegido por outros detentos, que não participaram da fuga, e que impediram que as agressões continuassem. Segundo o Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco, o cabo estava escalado junto com um efetivo fixo, mas durante a confusão estava sozinho. 

Segurança


O presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco, João Carvalho, denuncia que em muitas cadeias públicas de Pernambuco a segurança é feita por policiais militares, o que, de acordo com ele, é contra a lei. "Estão fazendo um serviço de guarda interna contra a lei do código penitenciário que prevê que a segurança interna tem de ser feita por agentes penitenciários. Isto fragiliza a segurança das cidades por causa do desvio de função", acusa. 

Buscas


Em nota, a Secretaria Estadual de Ressocialização (Seres) ligada à Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos, responsável pelo sistema penitenciário em Pernambuco, afirmou que "tomou todas as providências para identificar as circunstâncias em que o fato ocorreu" e que "a PM está em diligências para a recaptura dos detentos". Até as 15h deste sábado, nenhum fugitivo havia sido encontrado.

FONTE: