terça-feira, 27 de setembro de 2016

NOTÍCIA DO JORNAL DIÁRIO DE PERNAMBUCO

Detenta da Colônia Penal morre e outra fica hospitalizada por meningiteDenúncia foi feita pelo Sindicato dos Agentes Penitenciários

Publicado em: 27/09/2016 20:02 Atualizado em: 27/09/2016 20:11

Uma detenta da Colônia Penal Feminina do Recife morreu de meningite meningocócica no último domingo e outra, que está gestante, está internada com alto grau de contágio. A denúncia foi feita pelo Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco nesta terça-feira. 

De acordo com o presidente da entidade, João Carvalho, a profilaxia adequada não está sendo feita. "O Estado esconde que a presa morrreu. E a outra foi internada com meningite bacteriana de alto contágio. Inclusive, a saúde não deu os remédios para os agentes penitenciários que fizeram a escolta e eles podem, assim, contagiar os familiares", disparou o sindicalista.

A primeira morte foi registrada após a detenta ter sido levada, no último domingo, ao Hospital Correia Picanço, na Tamarineira. Nessa segunda, a outra detenta foi encaminhada ao Hospital Barão de Lucena e, em seguida, transferida para o Correia Picanço.

"Depois da denúncia feita, a Secretaria de Saúde entregou para a Secretaria de Ressocialização 150 comprimidos de dosagem única de Cipro, mas o infectologista disse que a profilaxia deveria ter começado no domingo e com rifampicina. O Cipro, segundo ele, não é o indicado", destacou João Carvalho.

A Secretaria Estadual de Saúde informou que o caso é de responsabilidade da Saúde do Recife, que, por sua vez, adiantou que estava acompanhando os casos e que tanto as companheiras de cela quanto os trabalhadores tomaram o medicamento adequado. 
.
Fonte: 
http://www.diariodepernambuco.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário