terça-feira, 24 de julho de 2012

Justiça considera ILEGAL a GREVE da POLÍCIA CIVIL DE PERNAMBUCO

O Poder Judiciário de Pernambuco concedeu os efeitos definitivos da antecipação de tutela impetrada pelo Estado perseguida para determinar a suspensão da Greve da Polícia Civil do Estado de Pernambuco, com a retornada, imediata, de todos os serviços inerentes a função policial desenvolvida pelos servidores grevistas, sob as penas da Lei e do pagamento de multa por parte do Sindicato Réu (SINPOL), no valor de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) por dia, para o caso de descumprimento da presente decisão e para, no prazo de lei, responder termos desta decisão.

A decisão encontra-se disponível no site do TJPE em Procedimento Ordinário em 2º Grau sob o número 0013573-43.2012.8.17.0000 (279551-3).

Nenhum comentário:

Postar um comentário